Lula vai continuar preso. Decisão é do relator do caso “triplex” no TRF4;
09/07/2018 às 16h42

O desembargador, João Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato no TRF4, suspendeu o habeas corpus concedido pelo desembargador de plantão do tribunal, Rodrigo Favreto, que libertaria o ex-presidente Lula da prisão.

No início da tarde deste domingo, o desembargador plantonista do TRF4, Rodrigo Favreto, acatou pedido da defesa de Lula e concedeu habeas corpus ao ex-presidente. A medida garantiria a Lula liberdade até que os recursos contrários a condenação fossem julgados no Superior Tribunal de Justiça.

Após a publicação do habeas corpus, em favor de Lula, o Juíz Sério Moro, responsável pelo caso de Lula na primeira instância da Justiça eleitoral, soltou um despacho reiterando a prisão de Lula.

Moro alegou que o desembargador plantonista não tinha competência para soltar o ex-presidente e pediu que o habeas corpus fosse analisado pelo desembargador responsável pelo caso, Grebran Neto. Mesmo assim, Favreto manteve a decisão de libertar Lula.

Gebran Neto entrou na disputa entre Favreto e Moro, e decidiu suspender o habeas corpus. Sendo assim, Lula continua preso na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

Lula foi condenado em segunda instância pela Justiça por lavagem de dinheiro e corrupção passiva a 12 anos e um mês de prisão no caso do triplex do Guarujá.






Confira também:



28 | ago
Audiência pública vai debater riscos geológicos na Serra do Veloso
Saiba +



28 | ago
Curso prático de obras abre inscrições nesta semana
Saiba +



28 | ago
208 anos de nascimento do Aleijadinho será celebrado com um grande concerto do Coral Cidade dos Profetas
Saiba +



28 | ago
Ministério da Saúde quer combater fake news com serviço pelo WhatsApp
Saiba +



Rádio Real FM

Rua Pandiá Calógeras, 463
Bauxita, Ouro Preto/MG
CEP: 35400-000

 (31) 9 9160.9001
 (31) 3551.7777

 radioreal90.1@gmail.com